24 de março de 2018

Eu briguei com ele hoje, mesmo depois de um dia incrível. Ele passou o dia falando o quanto eu sou bonita, disse que minha pele era linda, e olhou pro meu rosto dizendo o quanto me achava bonita. Me beijou pela manhã e disse que poderia passar o dia me beijando, o dia inteirinho e colar com a noite. Ele passou o dia todo falando o quanto me acha linda em todos os detalhes que se possa ter um ser humano... e eu briguei com ele. Saí, furiosa, por um motivo bem idiota, e ele me seguiu, me abraçou e disse que me amava.

Agora eu tô aqui, 01:34 da madrugada pensando que briguei com ele.

17 de fevereiro de 2018

Perceber o quanto a gente muda ao longo da vida é fantástico! Veja só eu, que odiei carnaval por longos 22 anos, hoje com 23 tô aqui pensando em como foi bom esse carnaval de 2018. Me diverti tanto! Dancei como nunca, vi amigos velhos e fiz novos. Vivi algumas histórias que vão servir pra dar boas risadas numa rodinha de amigos por muitos e muitos encontros. Nossa, QUE CARNAVAL FOI ESSE!? Chega fevereiro de 2019.

17 de fevereiro de 2018

Só agora tô conseguindo colocar um ponto final em tantas pendências emocionais. Só agora, depois de dois anos da morte de minha mãe é que sinto que minha vida está seguindo (sem ela) e isso é bom; É verdade o que li sobre cada pessoa ter seu tempo, sua forma de superar as tristezas, o meu foi dois anos, o do meu pai foi quinze dias.
Toma o controle da situação! nunca te conheci sendo esse tipinho de gente que abaixa a cabeça e deixa tudo desabar bem na sua frente. Caramba! o que houve com você? cadê aquele tom de voz firme que sempre dizia como as coisas tinham que ser? Aquele jeito de falar seguro que era capaz de convencer qualquer ser de que o mais chuvoso dos dias poderia se ensolarar a qualquer momento? Cara, você era incrível e eu te invejava tanto... Eu lamento muito, lamento mesmo.

Conselhos que eu gostaria de ter recebido #1

Algumas coisas não vão estar sob seu controle e você precisa entender e aceitar isso. E não é culpa sua estar apenas como telespectadora de toda essa tragédia. Você realmente não poderia fazer nada pra mudar. As coisas apenas acontecem. Te aconselho que siga em frente enquanto observa com maturidade o estrago que acontece a sua volta. Procure aprender a partir da observação, mas não deixe de permanecer seguindo em frente, isso é importante, sempre em frente. Em algum momento você irá se distanciar o suficiente a ponto de nada mais te afetar.